20 dias de como conservar sua cirurgia plástica.

20 dias de como conservar sua cirurgia plástica.

Depois da cirurgia plástica, manter o corpo bonito é questão de tempo. Listamos 20 dicas para que você possa seguir. São informações que devem ser respeitadas desde a saída do centro cirúrgico. Anote aí!

1. Antes da Cirurgia tenha uma longa conversa com seu cirurgião, pergunte, compare, tire suas dúvidas, e, finalmente decida-se. Uma escolha ponderada poupa eventuais dissabores no pós-operatório.

2. Não esconda de seu cirurgião detalhes importantes tais como: se está em uso de medicamentos, doenças crônicas ou infecciosas, possibilidade de gravidez e cirurgias prévias.

3. Tenha paciência para esperar os resultados da cirurgia. Cada procedimento tem um tempo específico para o estabelecimento de seu aspecto definitivo.

4. Ao preparar-se para a cirurgia atente-se aos detalhes:

O cirurgião é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica?
O cirurgião se atualiza com freqüência?
Conhece pacientes que já se operaram com ele?
Escolha um Hospital com boa estrutura.
Cumpra as recomendações de seu médico rigorosamente
Organize seus compromissos, pagamentos e responsabilidades antes da cirurgia tendo em mente o tempo que passará em repouso.
Cirurgias Plásticas freqüentemente necessitam de refinamentos. Informe-se com seu cirurgião a respeito dessa possibilidade e estabeleça de antemão os custos caso o refinamento seja de fato necessário
5. Alguns fatores melhoram ou preservam por mais tempo as cirurgias:

Alimentação balanceada e exercícios físicos favorecem bons resultados nas cirurgias de contorno corporal
O uso contínuo de sutiã manterá por mais tempo a boa forma mamária
Abandonar o cigarro trará mais saúde, melhor cicatrização das feridas e face mais jovial, retardando o aparecimento de rugas.
A exposição ao Sol e às lâmpadas fluorescentes causam envelhecimento cutâneo. Use sempre cremes com bloqueadores solares
Não exponha áreas operadas diretamente ao Sol por pelo menos seis meses, pois estas podem manchar.
6. No pós operatório a/o paciente deve ingerir entre 2,5 e 3,0 litros de líquidos por dia, dando preferência para sucos, água de coco e bebidas de reposição de sais minerais.

7. O repouso no pós-operatório deve ser apenas moderado. Caminhando precocemente a/o paciente diminui as chances de que ocorra a Trombose Venosa Profunda (TVP).

8. O uso de cintas elásticas após cirurgias deve ser criterioso. Cintas muito apertadas podem produzir sofrimento da pele da região operada e resultar em fibrose cicatricial que faz com que a superfície cutânea apresente depressões e saliências. Em casos extremos pode haver até necrose de pele.

9. Cuidados com as cicatrizes:

Massageie a cicatriz com freqüência. Se for necessário solicite ao seu médico um creme ou pomada visando melhorar a cicatrização.
Cicatrizes evoluem nos primeiros meses com aspecto fino e coloração semelhante à da pele normal, em seguida apresentam aspecto avermelhado e alguma hipertrofia, que pode perdurar por até um ano e meio após a cirurgia. Passada essa fase, a cicatriz volta a ser mais fina e coloração semelhante à da pele normal. Quando não há completo retorno a uma boa qualidade cicatricial é necessário tratamento de correção de cicatrizes.
Cicatrizes respondem de forma diferente conforme o local do corpo onde são produzidas (exemplo: cicatrizes na face tendem a ser mais finas que cicatrizes no dorso ou nos membros).
As cicatrizes devem ser protegidas com fitas do tipo Micropore® para evitar trações nos primeiros três meses.
Enquanto a cicatriz estiver avermelhada evite a exposição direta ao Sol sobre a mesma.
10. Após a gravidez, alguns cuidados devem ser tomados:

Cirurgias mamárias não devem ser realizadas enquanto houver secreção de leite.
No pós-operatório, se estiver amamentando avise seu médico. Ele deverá prescrever medicações que não prejudiquem o bebê durante a amamentação.
Aguarde pelo menos um ano após o parto para realização de cirurgias de contorno corporal.

11. Após aplicação de Botox® não massagear a face por pelo menos 24 horas

12. Várias cirurgias têm melhor evolução quando seguidas por sessões de massagens, no entanto estas devem ser indicadas pelo cirurgião e a paciente deverá fazer retornos freqüentes ao médico para que este avalie se os resultados das massagens estão dentro das expectativas.

13. Não exagere na alimentação. O ganho de peso compromete qualquer tipo de cirurgia plástica. Mudanças de hábitos muitas vezes são necessárias para se obter e manter um bom resultado cirúrgico. A oscilação de peso produz o efeito sanfona causando flacidez.

14. São inimigos de qualquer cirurgia plástica:

Esforços abusivos sobre áreas operadas antes de pelo menos três meses
Cigarro, álcool, pouco sono, sedentarismo e estresse
Exposição prolongada ao Sol principalmente entre as 09:00 e 16:00 horas.
Alimentação excessiva, pobre em fibras e rica em carboidratos e gorduras.
“Palpites” de pessoas que não estejam habilitadas para opinar sobre tratamentos cirúrgicos ou estéticos.
Deixar de retornar ao consultório do cirurgião antes de seis meses passados da data da cirurgia.
15. Evitar usar óculos após as cirurgias nasais (rinoplastias) ou correção de orelhas em abano (otoplastias) por cerca de vinte dias, pois podem deslocar as estruturas que foram remodeladas.

16. As cirurgias que envolvam a região da cabeça desincham mais rápido se o paciente mantiver o local operado em nível mais elevado, ou seja sempre que possível assumir a posição de pé e dormir com elevação da cabeceira da cama.

17. Cremes utilizados para a região da face não devem ser utilizados para a área dos olhos, pois esta região possui tecido mais delicado. Utilize cremes específicos para a área das pálpebras.

18. Carboxiterapia é um procedimento rápido, pouco doloroso que vem sendo utilizado para dar mais jovialidade à face e para tratar gorduras localizadas. Consiste em sessões de injeções de CO2 na região a ser tratada e não necessita de afastamento do trabalho após sua realização.

19. As cirurgias para Rejuvenescimento Facial (Ritidoplastias) podem ser realizadas pela via endoscópica. Está técnica permite amplo tratamento da musculatura facial, com bons resultados e com incisões menores.

20. Cuidados com as próteses de silicone:

Não fazer injeções onde houver próteses, pois pode haver perfurações das mesmas.
Após quarenta dias da cirurgia a paciente deve iniciar massagens para evitar a deformidade produzida pelo fenômeno do “encapsulamento da prótese”
Quando for realizar exames radiológicos envolvendo a área da prótese, avise a equipe radiológica.
A maioria dos fabricantes de próteses recomenda que após dez anos as próteses sejam trocadas, embora não exista um tempo exato para isto.

Adicione um comentário

*POR FAVOR, PREENCHA OS CAMPOS CORRETAMENTE.

Posts relacionados

Por que não informamos preços dos procedimentos por telefone ou pelas redes sociais?
É importante ressaltar que o fato de não informarmos valores pela internet se dão, em primeiro lugar, por questões éticas. Isso porque, o Conselho Federal de Medicina proíbe a divulgação...
Mitos e Verdades da Cirurgia Plástica
Listamos alguns mitos e verdades sobre a cirurgia plástica. Confira! O inverno é a melhor época do ano para fazer uma cirurgia plástica VERDADE. A procura por cirurgias plásticas aumenta...
Saiba tudo sobre lipoaspiração masculina!
Assim como nas mulheres, a lipoaspiração pode ser realizada em homens e tem como objetivo eliminar gorduras localizadas. Ou seja, aquelas difíceis de sumirem. De acordo com a SBCP, a...