E-mail marketing: como implementar essa estratégia em sua clínica médica?

3 minutos para ler

É possível atrair até 40 vezes mais pacientes sem gastar muito: o e-mail marketing é um dos responsáveis por isso. Ele possibilita que os pacientes sejam avisados sobre confirmação de consultas, necessidade de retorno e recebam conteúdos informacionais que criam um relacionamento e podem fidelizar os pacientes.

Entretanto, assim como qualquer estratégia, o e-mail marketing precisa ser usado de forma bem estruturada para que suas vantagens sejam percebidas, e esforços e investimentos, mesmo que pequenos, surtam efeitos.

Então, quer saber como fazer isso? A seguir, você confere as informações mais importantes sobre o assunto!

O que é o e-mail marketing?

Como o próprio nome sugere, o e-mail marketing é a comunicação que acontece pelo envio de e-mails entre a clínica médica e os pacientes ou, até mesmo, entre ela e os profissionais da área. Esses e-mails costumam ser disparados de forma automatizada, o que otimiza o tempo dos envolvidos nesse processo e evita que a relação entre clínica e paciente e/ou clínica e colaborador se dissipe por conta da correria diária. Afinal, não é incomum que os pacientes deixem as consultas médicas de lado por conta de uma rotina turbulenta.

Como o e-mail marketing pode ser aplicado na clínica médica?

Toda área pode ser inclusa no plano de marketing e com a saúde não seria diferente. Afinal, o e-mail marketing pode ser útil para a clínica médica ao compartilhar conhecimentos medicinais e aproximar a relação entre o profissional e o paciente.

Além disso, considere que para as pessoas fazerem parte da lista de contatos do e-mail marketing, você pode criar uma segmentação com base no tipo de público que quer atrair. Por exemplo, se a clínica médica quer focar em prótese, os critérios podem considerar mulheres jovens, acima dos 40 anos etc.

Todas essas informações devem ser envolvidas nos conteúdos produzidos dentro do e-mail, para que o público realmente tenha interesse pelas mensagens e se sinta cada vez mais atraído pela clínica médica por conta dela.

Como o e-mail marketing ajuda na fidelização dos pacientes?

Quando o público que faz parte da lista de contatos no e-mail recebe informações relevantes e direcionadas para suas necessidades, a tendência é que eles acompanhem e gostem do que sua clínica médica mostra.

Esses conteúdos produzidos devem obedecer à lógica da jornada do paciente, que começa ao despertar o interesse para determinado tema, futuramente fazer com que ele perceba uma necessidade de solucionar isso e, por fim, mostrar como sua clínica é o lugar ideal para garantir o que o contato precisa. 

O tempo necessário para que todas as etapas sejam alcançadas e o contato se torne seu paciente fiel varia de acordo com diversos fatores, incluindo a qualidade da comunicação construída nas mensagens. Nesse sentido, elas podem ser construídas até em formado de e-books, com um artigo publicado sobre próteses, se esse for o seu interesse. 

O assunto do e-mail marketing depende de quais serviços sua clínica oferece e deseja focar para atrair determinado público. Para isso, existem ferramentas que podem ajudar, como iClinic Marketing, Mailchimp, RD Station etc.

Então, gostou do nosso post? Compartilhe em suas redes e ajude outras pessoas a terem conhecimento sobre o assunto!

Posts relacionados

Deixe um comentário