Marketing de relacionamento: saiba como implementá-lo em sua clínica

3 minutos para ler

Você pode oferecer o melhor serviço médico e até custo-benefício, mas se isso não for aliado ao marketing de relacionamento, dificilmente sua clínica será escolhida pelos clientes, diante de tantas concorrentes. O trabalho envolve o planejamento e a execução de ações corretas para que os pacientes possam ser sempre bem atendidos pela sua marca.

Afinal de contas, o marketing de relacionamento se refere à capacidade de uma empresa criar laços positivos com o público toda vez que o contato existir. Isso contribui para melhorar a atração e as chances de fidelização dos clientes, o que reduz custos, e aumentar a credibilidade e autoridade passada pela clínica. Quando se trata da área da saúde, atingir esses dois pontos é ainda mais importante.

Pensando nisso, preparamos este post com informações sobre marketing de relacionamento e quais práticas podem ser adotadas para implementação do conceito. Continue a leitura e saiba mais!

O que é marketing de relacionamento?

Marketing de relacionamento é a estratégia que contribui para otimização da relação entre marca e cliente, permitindo que ela possa ser mais duradoura, atinja o público certo e ofereça o máximo de satisfação.

Muito mais do que focar na obtenção de clientes, o conceito vai trabalhar com a melhoria da relação com aqueles que já fazem parte da empresa, além de contribuir para atração de novos.

Qual a importância do marketing de relacionamento?

Considerando que o marketing de relacionamento tem como um de seus principais objetivos fazer os clientes mais felizes e fidelizados, isso aumenta a credibilidade e autoridade. Além disso, as chances de os clientes compartilharem experiências negativas vividas dentro da sua marca são diminuídas: clientes insatisfeitos tendem a contar sobre a má experiência para cerca de 15 pessoas, enquanto os satisfeitos contam para 11.

Saiba, também, que investir nessa estratégia contribui para uma melhoria das taxas de ROI (Retorno Sobre o Investimento). Além disso, reduz custos, otimiza a probabilidade de conversão e das taxas de engajamento. Em outras palavras, o lucro do seu negócio pode ser potencializado.

Como implementar o marketing de relacionamento na clínica?

Agora que você entendeu do que se trata o conceito e qual sua importância, é preciso saber como colocá-lo em prática. Já adiantamos que não é complexo, como muitos podem imaginar. Acompanhe, a seguir, algumas dicas:

  • conheça seu público para entender seus desejos e necessidades, tom de comunicação e canais mais utilizados etc.;
  • melhore os canais de comunicação para que o contato entre o cliente a marca não tenha barreiras;
  • ofereça um atendimento de qualidade, tendo profissionais bem treinados e ferramentas necessárias à disposição;
  • personalize a experiência de acordo com o histórico do cliente;
  • receba e aproveite feedbacks com inteligência.

Como foi dito, o marketing de relacionamento não é um bicho de sete cabeças e pode ser implementado na sua clínica a partir de dicas simples, aplicadas no dia a dia, e até de ações mais bem estruturadas, que dependem de mais investimento. Seja como for, agora, você já sabe que os esforços valem a pena e devem ser bem-vindos na marca.

Que tal continuar aprendendo sobre o assunto? Confira 4 dicas para melhorar o atendimento ao paciente nas recepções de clínicas!

Posts relacionados

Deixe um comentário