Marketing pessoal para médicos: como trabalhar nas redes sociais?

3 minutos para ler

Dentro de um mercado tão concorrido, não basta oferecer o serviço de melhor qualidade ou os preços mais competitivos, é preciso ser visto. Nesse cenário, portanto, o marketing pessoal se torna uma estratégia extremamente válida para se fazer presente entre pacientes em potencial. Algumas práticas devem ser colocadas em ação para aproveitar as redes sociais ao máximo.

Desde os cuidados com o código de ética da profissão até o conteúdo que vai ser oferecido aos seus seguidores, cada detalhe pode fazer uma enorme diferença entre conseguir ou não aumentar o número de pacientes na sua clínica.

Que tal, então, conferir algumas das nossas dicas para fortalecer o seu marketing pessoal nas redes sociais? Continue a leitura e tire as suas dúvidas!

O que é marketing médico e qual a sua importância?

O marketing médico nada mais é do que a divulgação estratégica do trabalho de um profissional da área da saúde. Dentro de uma sociedade cada vez mais conectada, a presença digital se torna essencial para ter sucesso. Portanto, a partir dessas práticas, é possível fortalecer o seu nome, a reputação do seu trabalho e, é claro, conseguir mais pacientes.

Quais as melhores dicas de marketing pessoal para médicos?

Mas, na prática, o que fazer para otimizar o trabalho de marketing pessoal para médicos? Confira!

Divulgue conteúdo interessante

Para cativar a atenção dos usuários, é preciso oferecer conteúdos mais relevantes do que eles podem encontrar, por exemplo, em um portal de notícias. É preciso sair do básico e utilizar a sua expertise para se diferenciar. Você pode, por exemplo, falar sobre os procedimentos cirúrgicos que realiza na sua clínica.

Interaja com os pacientes

A interação com os pacientes também é fundamental. A ideia não é substituir o atendimento, por exemplo, mas é importante se colocar à disposição dos seus seguidores. Esclarecimentos, dúvidas, curiosidades, enfim, tire um tempo sempre que possível para dar atenção ao seu público.

Analise o que é ou não permitido

Outro fator importante é a precaução com o que pode ou não pode ser publicado. Mesmo quando feito na melhor das intenções, você não pode contrariar recomendações dos órgãos responsáveis. Uma dica é conferir, por exemplo, o que o Conselho Federal de Medicina diz sobre o assunto.

Quais exemplos podem servir de inspiração?

Um exemplo de sucesso de marketing pessoal para médicos é o Dr. Felipe Villaça. Cirurgião plástico, o seu Instagram, por exemplo, conta com quase 90 mil seguidores. Como? A partir da criação de uma estratégia voltada para esses canais e a publicação de materiais relevantes para os seu público, explorando todos os recursos das redes sociais e os mais diferentes formatos.

Como o exemplo do Dr. Felipe Villaça mostra, o marketing pessoal é uma forma de se aproximar ainda mais do seu público. De forma natural e orgânica, é possível se posicionar como autoridade dentro do seu segmento e, assim, conseguir cada vez mais pacientes.

Dentro desse assunto sobre divulgação do trabalho profissional, outras questões também acabam gerando dúvidas. Uma delas é em relação a divulgação de valores dos serviços. Descubra, então, por que não informamos preços dos procedimentos por telefone ou pelas redes sociais?

Posts relacionados

Deixe um comentário