Conheça os materiais utilizados nas próteses de silicone de mama

3 minutos para ler

Realizar uma cirurgia de implantes mamários é um sonho para muita gente. Contudo, antes disso, é necessário pesquisar bastante e se certificar de que os materiais das próteses de silicone são os mais indicados para o seu caso. Isso é essencial para ter certeza de que os implantes são seguros e evitar complicações.

E como nós queremos que você se sinta completamente feliz com seu resultado, criamos este post com tudo o que você precisa saber sobre os implantes. Basta continuar lendo para entender melhor. Vamos lá?

Conheça alguns dos materiais das próteses de silicone

Os implantes mamários são constituídos por um invólucro externo recheado com um tipo de gel. Contudo, ao contrário do que acontecia no passado, hoje em dia não existe mais o risco de as próteses estourarem e o líquido vazar.

Afinal, o interior dos implantes é constituído de elastômero de silicone, uma substância maleável que recupera facilmente sua forma original mesmo se for pressionada ou distorcida.

As próteses podem ser fabricadas também com gel de alta coesividade, uma substância macia e densa, de modo que mesmo que a prótese se rompa não existe o risco de vazamento.

Descubra alguns dos possíveis revestimentos para sua prótese

Além do interior dos implantes, também é importante saber sobre os materiais das próteses de silicone usados para o revestimento. Afinal, essa é a parte que vai ficar em contato direto com seu corpo, e é necessário que o médico faça uma avaliação detalhada para evitar problemas. Veja algumas das opções a seguir.

Prótese lisa

As próteses com acabamento liso são bastante tradicionais, de modo que durante anos foram as principais escolhas dos cirurgiões. Contudo, hoje são menos utilizadas em decorrência da dificuldade na aderência com o tecido mamário.

Com isso, era muito comum que acontecesse contratura capsular, além de um risco maior de deslocamento ou de irregularidades perceptíveis na superfície.

Prótese texturizada

Para evitar a incidência de contratura capsular, os fabricantes criaram novas tecnologias que melhoraram a adesão dos implantes ao corpo. Assim, as próteses texturizadas surgiram como uma solução para o problema.

Com uma leve granulação, elas facilitaram a adesão dos tecidos, evitando rejeições e ajudando a cicatrização. De modo que é possível ter bons resultados por muito mais tempo.

Prótese de poliuretano

Esse tipo de prótese é revestido por uma camada fina de espuma de poliuretano. Dessa forma, esse modelo de implante garante uma ótima adesão, funcionando como um tipo de velcro.

Agora que você sabe mais sobre os diferentes tipos de materiais das próteses de silicone, consulte seu cirurgião plástico e verifique qual é a melhor opção para você. Além disso, tenha certeza de que a marca escolhida tem certificação da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e é aprovada pelo Conselho de Cirurgia Plástica. Isso vai trazer mais segurança — tanto durante o procedimento quanto no pós-operatório.

Você tem expectativa de realizar uma cirurgia de implantes mamários? Então, aproveite que está por aqui e veja também nosso conteúdo sobre silicone por baixo ou por cima do músculo!

Posts relacionados

Deixe um comentário