O que é a Bichectomia

2 minutos para ler

Como funciona a técnica cirúrgica

A cirurgia para a retirada dessa “bola de gordura” é chamada de Bichectomia, dura em torno de uma hora e pode ser realizada com anestesia local, com ou sem sedação. A incisão de 1 a 2 cm é realizada na cavidade oral, por dentro da boca, e não causa cicatrizes aparentes. O excesso de gordura é removido. A incisão é suturada e o paciente recebe alta no mesmo dia. A remoção do fio de sutura pode ser realizada uma semana depois de forma rápida e indolor. A técnica é simples e foi descrita em 1980, sendo difundida mundialmente no meio científico e recentemente está sendo consolidada aqui no Brasil.

Indicações

A finalidade da bichectomia é puramente estética: reduzir o volume das bochechas e afinar o rosto. Geralmente, a bichectomia é indicada para aqueles indivíduos com face arredondada devido a hipertrofia da Bola de Bichat. Mas algumas vezes, a causa de um rosto mais largo pode ser a hipertrofia do músculo masseter e isso pode ser tratado através da aplicação de Botox (injeção de toxina botulínica). Infelizmente, as dietas de emagrecimento não contribuem para o desaparecimento da Bola de Bichat, pois esta é uma das últimas gorduras a serem consumidas pelo organismo. Ela só diminui quando o indivíduo já queimou praticamente todas as outras.

Contraindicações

Idosos ou pessoas com problemas de saúde, como doenças infecciosas ativas, são contraindicados a fazer esse tipo de cirurgia. Além disso, pessoas com uma expectativa irreal sobre o procedimento não devem realizar esse tipo de operação. Por ser uma cirurgia simples, os riscos são mínimos. O profissional precisa ter experiência e familiaridade com as regiões anatômicas da face e da boca, caso contrário pode ocorrer algumas complicações, como em toda cirurgia.

Posts relacionados

Deixe um comentário