Qual o limite de retirada em uma lipoaspiração?

3 minutos para ler

Perdendo somente para a prótese de mama, a lipoaspiração é a segunda cirurgia estética mais realizada no mundo. O objetivo principal da cirurgia é remover gordura localizada, e desse modo, quanto maior o volume aspirado, melhor o resultado da cirurgia. No entanto, quanto maior a lipoaspiração maior a incidência de complicações.

Quando se faz uma lipoaspiração não se retira apenas gordura, o lipoaspirado contém sangue e a solução utilizada para a infiltração. Esse é um dos principais fatores que limitam o volume a ser retirado, embora não seja o único.

No início, a lipoaspiração era realizada sem antes infiltrar uma solução nas regiões a serem tratadas. Essa técnica é conhecida como lipoaspiração “seca” e sabe-se que em torno de 25 % do volume da lipoaspiração nessa método é sangue. Assim, num volume lipoaspirado de 1000 ml , 250 ml é sangue, o que representa muito proporcionalmente.

Com o objetivo de reduzir o sangramento durante a cirurgia, realiza-se antes da lipoaspiração propriamente dita uma infiltração de uma solução na região que será lipoaspirada. Essa solução contém principalmente adrenalina, que tem ação vasoconstritora, ou seja, diminui o calibre dos vasos sanguíneos e reduz o sangramento. Com essa técnica (lipoaspiração úmida), o volume sanguíneo do lipoaspirado reduziu de 25% para 8%, o que permitiu se realizar cirurgias maiores. Na lipoaspiração úmida infiltra-se 1 ml de solução para cada 1 ml que será lipoaspirado.

Atualmente, realiza-se a lipoaspiração tumescente (superúmida), que consiste em infiltrar 2 ml de solução para cada 1 ml de gordura retirada. Nesse método, a porcentagem de sangue no lipoaspirado reduziu ainda mais, chegando a 3 %.

Embora a técnica superúmida tenha reduzido o sangramento, a lipoaspiração apresenta um limite bem definido:

O volume lipoaspirado deve ser de 5 a 7 % do peso do paciente. Por exemplo, uma paciente de 70 kg tem um faixa de segurança de 3500 ml a 4900 ml. Lembrando que deve-se lipoaspirar no máximo 40 % da superfície corpórea, ou seja, existe um limite tanto para o volume a ser lipoaspirado quanto para regiões que podem ser tratadas numa única cirurgia.

A lipoaspiração, como todo procedimento cirúrgico, possui seus riscos, porém quando bem executada e tendo seus limites respeitados é um procedimento seguro e com resultados fantásticos.

Procure seu médico de confiança e tire todas as suas dúvidas. No Premier Dia temos todo o atendimento necessário para esse e outros procedimentos!

Posts relacionados

Deixe um comentário