Reduza os efeitos do envelhecimento da pele com o eletrolifting

Reduza os efeitos do envelhecimento da pele com o eletrolifting

As clínicas de estética tem sido cada vez mais procuradas por mulheres e homens de todas as idades que buscam melhorar o aspecto visual do rosto e do corpo. Várias técnicas novas têm surgido, assim como antigos procedimentos têm evoluído com os resultados do avanço da medicina. Uma destas técnicas, o eletrolifting, é bastante procurada por quem procura esta melhora estética. Mas no que consiste este tratamento? É isso que você vai entender no post de hoje. Acompanhe!

O que é o eletrolifting?

O eletrolifting é um tratamento estético realizado para a redução de rugas e marcas de expressão, geralmente realizadas no rosto do cliente.

Como ele é realizado?

Uma agulha fina, rígida e pontiaguda, posicionada em um manuseador similar a uma caneta, é utilizada para estimular um processo inflamatório nestas linhas de rugas e marcas de expressão. Este processo ativa, após a inflamação, uma regeneração das células cutâneas, recuperando o aspecto jovem e elástico perdido com o envelhecimento da região. O processo completo também conta com etapas de hidratação e eletroestimulação (com pequenas correntes elétricas) para alcançar o resultado desejado.

Quem pode fazer?

O eletrolifting pode ser feito em qualquer indivíduo considerado saudável, desde que a aplicação seja aprovada na avaliação clínica realizada pelo médico. Indivíduos com lesões muito graves ou intensas podem ser desencorajados a seguir em frente com a ténicia, que também é contraindicada para indivíduos diabéticos, com doença cardíaca, gestantes, pacientes oncológicos ou hipertensos, além de indivíduos com hipersensibilidade da pele, tendência à queloide e síndrome de Cushing.

Quantas sessões são indicadas?

A grande maioria dos profissionais indica, no mínimo, dez sessões — que devem ser realizadas semanalmente — para obtenção do resultado desejado. Cada sessão pode variar entre 20 a 50 minutos, dependendo da quantidade de marcas e do local do corpo a ser tratado.

Qual o resultado final?

O resultado final esperado por quem escolheu esta técnica é uma pele mais sedosa e com aspecto jovem, com redução das rugas e marcas de expressão. A duração deste resultado é dependente de um constante cuidado com a nova pele, utilizando protetor solar, hidratantes e, se necessário, algumas sessões de eletroestimulação para evitar a flacidez.

Existem efeitos colaterais?

Como qualquer procedimento invasivo, sendo ele estético ou não, o risco de algum efeito colateral após aplicação da técnica é possível de ser encontrado, já que os resultados dependem da resposta sistêmica do paciente ao processo inflamatório. De qualquer maneira, a técnica é considerada extremamente segura e com alto índice de sucesso após sua aplicação, em indivíduos sem complicações prévias.

Esta técnica, como qualquer outro procedimento estético, tem seus bons resultados aliados ao cuidado constante da pele tratada pelo paciente. O aspecto jovem e elástico das regiões em que o eletrolifting foi aplicado depende muito mais do cuidado contínuo, com cremes, alimentação correta e protetores solares, do que das próximas sessões que poderão ser realizadas. Por isto, mesmo depois de ter os problemas reduzidos, nunca deixe de cuidar da sua pele!

E você, já realizou o procedimento de eletrolifting? Qual foi a sua experiência e o resultado? Conte para nós através dos comentários!

Adicione um comentário

*POR FAVOR, PREENCHA OS CAMPOS CORRETAMENTE.

Posts relacionados

Conheça 5 tratamentos faciais fantásticos
A face é uma das regiões do corpo que mais sofrem com influência da idade e de fatores externos, como a poluição, o sol e o stress, deixando seu aspecto...
Como clarear a pele e remover manchas do rosto?
Como clarear a pele e remover manchas do rosto?
A constante exposição ao sol, a gravidez e o próprio avançar da idade podem ser responsáveis pelo aparecimento de manchas na pele. Portanto, para evitar que isso aconteça é aconselhável...