Você já marcou seu retorno pós operatório?

3 minutos para ler

É importante que você saiba que todo tecido submetido a uma cirurgia plástica sofre algum tipo de lesão que precisa ser restaurada. Esse processo de restauração recebe o nome de reparação tecidual e ocorre imediatamente após a agressão desse tecido. Nesse processo, podem ser encontradas alterações, como edema (inchaço), equimoses (manchas roxas) e formação de tecido cicatricial (fibrose).

O tratamento de pós-operatório atuará prevenindo e tratando tais alterações, possibilitando uma recuperação mais rápida. Além dos tratamentos manuais, como a Drenagem Linfática, existem hoje, diversos equipamentos que ajudam na prevenção e melhor recuperação pós-operatória, porém, é importante que o paciente saiba que existe o momento certo para entrar com o tratamento pós-operatório, por isso é imprescindível que ele volte às consultas de retorno e faça o acompanhamento junto ao seu médico.

É muito comum o paciente acreditar que, por estar tendo uma ótima recuperação, não precisa voltar às consultas do pós-operatório imediato e depois de meses retornar questionando se teria algum medicamento/pomada ou tratamento para melhorar a aparência da cicatriz. Quando o tratamento ou medicamento é iniciado no momento certo, as chances de se ter uma melhora cicatricial são superiores a 80%.

A maioria das pessoas comete o erro de pensar que o tratamento de pós-operatório de uma cirurgia plástica é baseado apenas na técnica de Drenagem Linfática Manual. O planejamento da conduta no pós-operatório é amplamente variável de acordo com o tipo de cirurgia realizada pelo paciente, da fase de pós-operatório em que se encontra e dos sintomas apresentados clinicamente. Em alguns casos, a Drenagem Linfática não é indicada, devido, por exemplo, ao aumento de tensão entre as bordas cicatriciais que os movimentos (mesmo leves e sutis) ou até a gravidade podem provocar. Isso pode ocorrer em algumas regiões do corpo que apresentam maior tensão mecânica e tendência a alterações cicatriciais, como por exemplo, no pós-operatório de prótese de mamas.

Outro erro é pensar que a Drenagem Linfática trata fibroses e aderências. É uma técnica que diminui edema (inchaço) e promove alívio da dor nos primeiros dias após a cirurgia. Sendo assim, o tratamento de pós-operatório é composto por várias técnicas. Alguns dos procedimentos que podem ser utilizados no pós-operatório com seus objetivos específicos é a técnica muito realizada chamada Liberação Tecidual Funcional (LTF). É uma técnica manual que desenvolve flexibilidade e funcionalidade aos tecidos aderidos e com fibroses pela própria cicatrização. É um tratamento simples, indolor, não invasivo e de rápida resposta.  É um conceito que trata e reabilita pós-cirúrgico recente e tardio, porém, sempre com melhor resultado quando iniciado no momento certo.

Por isso, mesmo que esteja se recuperando bem, tendo uma ótima evolução cirúrgica, não deixe de fazer o acompanhamento junto ao médico. O resultado da cirurgia depende principalmente do paciente e da sua conduta no pós-operatório.

Marque já seu retorno! Entre em contato (31) 99611-2800

 

Posts relacionados

Deixe um comentário