Você já ouviu falar da cirurgia hidrolipo?

Você já ouviu falar da cirurgia hidrolipo?

Também conhecida como lipolight, lipoescultura tumescente, mini-lipo, lipo fracionada, HLPA (hidrolipoclasia aspirativa) esse procedimento é indicado para pacientes com gordura localizada que não estejam em sobrepeso exagerado.

Seu objetivo é reduzir as medidas e melhora da silhueta de maneira mais sutil que a lipoaspiração convencional. Afinal, trata-se de um procedimento comumente de menor porte, no qual se retira menos gordura.

Muitos pacientes têm preferência por pouca retirada de gordura através da hidrolipo pois utilizam o resultado obtido como um estímulo para início de um processo de modificação corporal, já que com a diminuição de medidas e melhora do contorno corporal proporcionada pela lipoaspiração observa-se que a maioria das pacientes fica mais estimulada para o início da prática regular de exercícios físicos e modificação seus hábitos alimentares, levando a um emagrecimento efetivo a médio prazo.

Qual profissional pode fazer o procedimento?

O cirurgião plástico é o profissional apto. Certifique-se de que seu cirurgião realmente possui o Título de Especialista em Cirurgia Plástica. Isto pode ser feito através do site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Como é feita a hidrolipo

Para realizar a hidrolipo primeiro o paciente é sedado, uma solução tumescente é aplicada na região e então a gordura é retirada.

Alguns cirurgiões plásticos realizam a hidrolipo em seu próprio consultório e, nesses casos, é importante ter certeza que o ambiente é adequado para cirurgia e deve estar dentro dos parâmentros obrigatórios de segurança da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). No Hospital Premier Dia temos toda a estrutura que você precisa para fazer todos os procedimentos estéticos

Para melhorar a segurança, alguns médicos optam por realizar pequenas lipoaspirações com alguns intervalos de tempo (entre um e dois meses), mas isso não é consenso.

Dentro da cirurgia plástica, muitos pacientes preferem a lipoescultura convencional que é feita em hospital e pode-se retirar até 7% de gordura equivalente do peso corpóreo e atuar em no máximo 40% da área corporal.

Essa cirurgia pode ser com anestesia local (com ou sem sedação) dependendo da região ou anestesia geral. Cada caso deve ser avaliada de maneira particular e o tipo de anestesia é discutido em consulta. Deve-se sempre enfatizar que a segurança do paciente deve ser sempre prioridade, não devendo economizar para isso.

A hidrolipo pode ser feita em praticamente qualquer parte do corpo que possui excesso de gordura localizada, sendo as regiões mais comuns: abdômen, flancos (cintura), costas (região inferior e superior), culotes (região externa da coxa), região interna da coxa, papada, axilas, braços e região pubiana.

Duração da cirurgia

O tempo médio da hidrolipo depende da quantidade da gordura que vai ser aspirada, podendo então variar de 30 minutos até usualmente duas a três horas.

Pós-operatório da hidrolipo

Por ser uma cirurgia de menor porte que a lipoaspiração convencional, a recuperação da hidrolipo costuma ser mais rápida e isso é interessante para os tempos modernos que exigem rápido retorno ao trabalho. Dependendo do caso, pode-se ficar afastado do trabalho por curto período de tempo (entre dois e quatro dias) e o inchaço decorrente da cirurgia e manchas roxas (se ocorrerem) tendem a regredir mais rápido também. O importante é sempre seguir a orientação de seu cirurgião plástico, mesmo tratando-se de um procedimento de menor porte.

Assim como na lipoaspiração convencional, o paciente deve utilizar uma cinta compressiva por cerca de 30 a 60 dias (depende do caso), o que diminui o inchaço (edema) presente no pós-cirúrgico. Drenagem linfática deve ser feita assim que o médico permitir o que minimiza a ocorrência de fibroses e ondulações. Atividade física aeróbica/musculação pode estar a partir de 20 a 30 dias, mas depende de liberação do seu cirurgião plástico.

Deve-se evitar tomar sol por um período mínimo de um mês, ou até que as manchas roxas (equimoses) desapareçam. Os pontos da hidrolipoaspiração são retirados usualmente entre cinco a oito dias após a cirurgia. O resultado da cirurgia é observado após entre dois a seis meses do procedimento; depende da rapidez que ocorre a reabsorção do inchaço.

Possíveis complicações da hidrolipo

As complicações na hidrolipo são as mesmas que podem ocorrem na lipoaspiração e incluem: hematomas, seromas, equimoses, irregularidades, sangramento, trombose, dentre outras.

Antes e depois da hidrolipo

A hidrolipo costuma ser feitas em regiões menores do corpo, se compararmos com a lipoaspiração convencional. O mais importante é que o paciente tenha objetivos bem definidos e confira com o médico se eles podem ser alcançados. Cuidado com expectativas irreais. Não se compare aos homens e mulheres das revistas, nem eles são daquele jeito!

Fonte http://www.minhavida.com.br

 

Adicione um comentário

*POR FAVOR, PREENCHA OS CAMPOS CORRETAMENTE.

Posts relacionados

O que é Cruroplastia?
A Cruroplastia, ou Lifting de Coxa, firma e remodela a região das coxas através da retirada do excesso de pele e gordura. O Lifting de Coxa pode ser apropriado se...
Por que não informamos preços dos procedimentos por telefone ou pelas redes sociais?
É importante ressaltar que o fato de não informarmos valores pela internet se dão, em primeiro lugar, por questões éticas. Isso porque, o Conselho Federal de Medicina proíbe a divulgação...
Mitos e Verdades da Cirurgia Plástica
Listamos alguns mitos e verdades sobre a cirurgia plástica. Confira! O inverno é a melhor época do ano para fazer uma cirurgia plástica VERDADE. A procura por cirurgias plásticas aumenta...